Faça o Login ou Cadastre-se

+ Cartórios: Capacitação para atendimento qualificado

Publicado em: 30/11/2017
Tabelionato de Notas e de Protesto de Letras e Títulos de Fartura preza pela credibilidade e pela otimização das atividades realizadas na serventia
 
Após realizar diversos plantões policiais na época em que foi delegada de polícia, a tabeliã Daniela Roja dos Reis Benevente resolveu procurar outra carreira. Foi assim que se matriculou em um curso preparatório ministrado pelo Tabelião de Notas e Protesto de Letras e Títulos de Sorocaba, João Baptista de Mello. O titular era responsável por Direito Civil, matéria que a incentivou a prestar o 7º Concurso  Público de Provas e Títulos para Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado de São Paulo. 
 
Após sua aprovação, Daniela assumiu a serventia em novembro de 2011 e se apaixonou pela profissão. Desde então atua no Tabelionato de Notas e Protesto de Letras e Títulos de Fartura. 
 
Os serviços utilizados por quem frequenta a serventia hoje passou por inúmeras alterações. Inicialmente, Daniela se preocupou em realizar investimentos para novos equipamentos, contratações e especialização das áreas de atendimento. A mobília foi renovada e o prédio foi totalmente reformado. "Acredito que devemos estar sempre fazendo adaptações para melhorar nosso ambiente de trabalho e, principalmente, a prestação do serviço notarial", afirma a tabeliã.
 
Escolhido pelo aconchego da cidade de Fartura e pela beleza da região, o cartório conta com cinco colaboradores e atende uma média de 100 pessoas diariamente. "A boa prestação do serviço notarial está intrinsecamente relacionada com a disponibilidade do tabelião para com a comunidade. O tabelião de notas deve ter sempre suas portas abertas para receber a todos que o procurem, essa relação íntima com a comunidade faz com que as pessoas confiem em nosso serviço",  aponta a notária.



No que diz respeito à capacitação de sua equipe, a tabeliã procura fazer um rodízio nas funções do cartório, a fim de que todos os funcionários estejam preparados para resolver questões que surjam ao longo do atendimento ao público. Os colaboradores do setor de protestos frequentam os cursos de notas e vice-versa.  As aulas oferecidas pelo Colégio Notarial do Brasil - Seção São Paulo (CNB/SP) também fazem parte do histórico dos funcionários. "Sob a minha ótica, o colaborador deve conseguir resolver assuntos básicos de todas as áreas, sempre com a supervisão de uma pessoa mais experiente", pontua. 
 
Além disso, Daniela Benevente realiza constantemente pesquisas de satisfação para manter a qualidade no atendimento prestado. No que diz respeito aos diferenciais propostos por sua serventia, a notária aposta em um ambiente de trabalho leve e descontraído para o seu time. "A equipe se ajuda para que tudo dê sempre certo e todos se esforçam muito para prestar um bom atendimento. Recebemos muitos elogios por meio das pesquisas e usamos as críticas para orientar os colaboradores no aperfeiçoamento dos serviços", conclui. 

Fonte: CNB/SP
Tags relacionadas: + Cartórios, Fartura, Daniela Roja dos Reis Benevente